Sangue e Vinho

969203_521287727937935_1834248098_n

Numa cultura baseada na paz, união, amor e diversão, o termo “batalha” se torna algo paradoxo (Conceito que é ou parece contrário ao comum). Entretanto, toda cultura é humana, e aberta as interpretações dos seus colaboradores, humanos.

A competitividade, característica também humana, foi uma das interpretações introduzidas no HipHop nos anos 80, “culpa” muito atribuída a o Rapper Kool Moe Dee, através das batalhas de rimas, onde os Mc’s mais competitivos podiam aprimorar suas técnicas, desenvolver suas habilidades e analisar seu próprio potencial em relação aos outros MC’s.

As Batalhas de Rimas  foi um dos  meios encontrados, por aqueles que nem sempre tinham a oportunidade de chegar ao grande público, de mostrar seu talento, de manter/ter o contato com a cultura e saber quem também compartilhava dela, servindo de local de trocar de idéias e informações sobre o movimento. Muitas de algumas principais referências Internacionais e Nacionais tiveram seu começo de carreira nas batalhas, que ainda ajudam a descobrir diversos talentos nos dias de hoje, principalmente, com o crescimento crescente delas em todo o País.

Existem críticas em relações as batalhas, mas também existem críticas  dentro delas. Assim como existem Mc’s mais competitivos em meio a tantos outros de estilos Mc’s diferentes, dentro do circulo dos Mc’s mais competitivos ou Mc’s de Batalha também a quem diverge de quais princípios se seguir na hora da batalha. A idéia mais, amplamente, difundida nas batalhas e o de respeito a um convívio social e do indivíduo, sendo abolida, qualquer manifestação homofóbica, de desrespeito familiar ou pornográfica. Mas também a quem defenda o “Vale Tudo” dentro da arena.

Ao lado do Ginásio Nélio Dias, no Gramoré, Zona Norte de Natal, e o ponto da Batalha do Vinho, onde a regra da batalhas é a própria abolição das regras. Se você é um MC mais sensível a ofensa e insultos nas rimas, não vá! A chance de você sair de lá com um trauma ou uma depressão profunda é grande. Se você não é MC mas gosta de observa a carnificina verbal, vá! A chance de você se divertir com esse tipo de rimas hardcore  é maior ainda. Se você é esse tipo de MC Carniceiro, vá! Ali é o seu lugar. E se você quer apenas ter contato com o movimento na região, poder ter a chance de apresentar suas idéias e trocar informações, também vá! Por que apesar de toda a carnificina verbal gratuita na hora da batalha, e incrível descobrir como fora da arena os Mc’s se dão bem, a ponto de serem amigos e tratar os outros visitantes como tal, tendo a “consciência” de que tudo aquilo não passa de uma grande, apesar de pesada, brincadeira, e todas a ofensas e insultos perdem seu valor em meio as risadas e a própria união que se que faz presente. Ah! e não se esqueça de levar algumas moedas sobrando, o nome Batalha do Vinho não é  atoa, todos compartilham na renda da casa para comprar uma garrafa de vinho que esquenta ainda mais os combates!

A Batalha ocorre todo sábado, a parti das 19:00h.

Grupo do Evento no facebook:

https://www.facebook.com/groups/256665764471859/?bookmark_t=group

 

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s